Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


QUEM APOIAMOS

As crianças Órfãs (cujos Pais morreram de sida) e vulneráveis, a nível humano e emocional, de algumas zonas de Maxixe e Massinga, na Provincia de Inhambane. Estas crianças encontram-se em graves situações de vulnerabilidade pois têm: falta de protecção familiar e apoio psicossocial, alimentação deficitária, dificuldades de acesso a serviços públicos de assistência médica e medicamentosa; custos que condicionam a frequência escolar (uniforme, transporte, material escolar)


PARCEIROS

Mahlale - Associação Moçambicana para a Promoção e Desenvolvimento da Mulher
EMAIL:mahlahle@teledata.mz

Visitas


contador de visitas para blogger



subscrever feeds



Realidades Locais

Terça-feira, 30.04.13

“Desde 1980, que o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país tem aumentado. Neste período registou um incremento médio de 1,3% todos os anos. Para esse movimentou muito contribuiu, entre outros, o aumento da esperança média de vida, que passou de 42,8 anos, em 1980, para 50,7 anos, em 2012”, in Exame-Edição Moçambique

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por eueosmeusirmaos às 16:53

Realidades Locais

Segunda-feira, 15.04.13

“Moçambique enfrenta agora outra dura e penosa batalha. Para bem do desenvolvimento do país é primordial que a luta contra a pobreza e a promoção de mais e melhor acesso da população à saúde e educação façam parte das prioridades do país. É um desafio do presente e do futuro, para as gerações de hoje e de amanhã.”, in Exame-Edição Moçambique

Autoria e outros dados (tags, etc)

por eueosmeusirmaos às 15:13



COMO APOIAR ESTA CAUSA

Pode apoiar esta causa através do apadrinhamento ou através de donativos destinados à execução dos projetos.No caso do apadrinhamento deverá devolver-nos a ficha de inscrição abaixo,devidamente preenchida para :eueosmeusirmaos@sapo.mz e juntando o documento bancário comprovativo do pagamento efectuado.Quanto aos donativos, deverá enviar a ficha de inscrição, assinalando o(s) projecto(s) para o qual (ou quais) pretende contribuir, juntando para o efeito o documento bancário comprovativo do donativo efectuado. Caso não pretenda discriminar o projecto, nem receber o respectivo recibo, poderá fazer o seu donativo, sem necessitar de preencher a ficha de inscrição.